O grupo > História

< Voltar

Na década de 80, antes da abertura do mercado as importações, a indústria brasileira oferecia poucas opções de moda ao consumidor. Na mesma época, na região da Califórnia na costa oeste americana, pulsava um novo tipo de atitude e comportamento alavancado por movimentos culturais como o skate e o surf e foi inspirado nesse estilo de vida carregado de personalidade que nasceu a primeira marca do Grupo Priority, a West Coast. E assim surgiram os chinelos que fariam sucesso entre os surfistas.

 

Depois do grande sucesso das sandálias, surgiu a ideia de contemplar as demais estações do ano, dando origem à Worker Boot, a primeira bota worker do país - que logo ganhou as ruas e permanece fazendo sucesso até os dias atuais e tornando-se ícone da marca. 

 

Nasceu a ideia de oferecer mais opções ao consumidor masculino e foi unindo o estilo do sapato ao conforto do tênis esportivo que a West Coast lançou o 1° sapatênis do Brasil, inserindo o tênis casual no guarda-roupa de trabalho. Um modelo híbrido e versátil que foi um sucesso de vendas já no seu lançamento, abrindo caminho para ampliação do mix de produtos da marca.

 

Depois de inovar durante quase duas décadas e se tornar um dos líderes de sapato casual masculino era vez de reinventar a própria empresa ingressando em um novo segmento de mercado. Em 2005 foi adquirida a marca Cravo & Canela, marcando a entrada do grupo em grande estilo no segmento feminino. Em pouco tempo a irreverência, o estilo folk e o cheirinho de C&C vem fazendo a marca se diferenciar dos seus concorrentes e conquistar espaço no mercado.

 

 

 

 

Ampliando seu mix de produtos, a marca lançou sua primeira linha de vestuário, complementando suas opções de calçado, tornando-se pioneira no conceito workwear no Brasil. No mesmo ano, reforçou seu posicionamento no mercado de moda, ao iniciar seus projetos de colaboração com o estilista João Pimenta – um dos principais criadores de moda masculina brasileira. 

A parceria entre a marca West Coast e João Pimenta amadureceu e o estilista passou a assumir a direção criativa linha workwear da marca, atuando na construção de sua imagem e consolidando-a entre as fashion brands masculinas. Além disso, nesse ano a marca lançou uma linha exclusiva com a Cotton Project, marca independente orientada pelo design e autenticidade, foi também nesse ano que a marca lançou a primeira e segunda edição da bota Baltimore Limited Edition com assinatura do site The Hype BR.

 

 

 

 

A marca Cravo & Canela, em parceria com a estilista Fabia Bercsek lançou a coleção cápsula exclusiva Cravo&Canela por Fabia Bercsek. Unindo o conceito folk da marca e o repertório de moda e arte da designer. Em outubro desse mesmo ano, a marca com a Casa de Criadores – referência por ser celeiro de jovens estilistas -  lançou a coleção cápsula Casa Cravo&Canela, apresentando 15 modelos de tênis criados em parceria exclusiva com 15 estilistas da Casa de Criadores.

 

 

 

Nessa temporada a West Coast  trouxe a Work Type Socks, sua linha de meias masculinas. Pioneira no conceito workwear no Brasil, a marca adicionou, assim, mais um item ao guarda-roupa masculino, além de sua linha de vestuário e de suas reconhecidas coleções de calçados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dando continuidade ao sucesso da primeira parceria, West Coast e Cotton Project se unem novamente para o lançamento da coleção “No Walls”. Focada no universo Outdoor, a nova campanha retrata uma aventura que, como muitas outras, só podem ser vividas quando saímos da nossa zona de conforto.

 

Complementando sua trajetória de parcerias de sucesso, a West Coast investe em mais uma collab inédita. Desta vez, a marca da moderna cultura worker se une à essência handmade da Cutterman para criar a Patagón – coleção exclusiva que traduz o lifestyle aventureiro das duas marcas. A partir do conceito “into the wild”, a capsulle collection é apresentada em uma campanha real, que traz o diário visual de uma descontraída viagem entre amigos. 

Nesse ano a West Coast fechou ainda uma parceria com o rapper Emicida.  A coleção, formada por calçados, calças, uma camisa e um moletom, explora os tons terrosos e o P&B. A novidade reforça a conexão entre a marca e o artista, visto que, João Pimenta, diretor criativo da West Coast, é o responsável pelo figurino de seus shows.

Nesse ano a estilista Fabia Bercsek assumiu a direção criativa da Cravo&Canela, atribuindo à marca um forte DNA folk. 
 
 

Para a coleção de inverno 2016, o estilista João Pimenta sugeriu o "não gênero". As peças, feitas com fios naturais, como seda, lã e palha somados a construções têxteis realizadas no tear manual representam a tradição da tecelagem para a alfaiataria. Nos sapatos, realizados pela West Coast, o couro, cabedal, sola e velcro representam o futuro.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A West Coast imergiu no universo da cutelaria em busca do corte perfeito para apresentar o conceito Skinner: uma homenagem ao trabalho manual. Inspirada nas facas skinners, usadas para retirar as peles das caças, a linha de sneakers traz um couro sem forro que remete ao conceito rústico e de natureza. A coleção conta ainda com faca e avental exclusivos disponíveis somente para venda online – este último, em uma edição limitada.

 

Repetindo o sucesso de outras temporadas, a West Coast compõe, mais uma vez, a passarela de João Pimenta no SPFW. Inspirado nos calçados mais robustos utilizados por profissionais que exigem um produto mais resistente e com a sola de borracha, João criou uma bota, um sapato e um chinelo – todos com cadarços e solado em borracha tratorado, que reforçam a sua conexão com o universo worker da West Coast.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A West Coast fechou uma parceria com a tradicional rede multimarcas Starpoint para uma collab voltada para o surfwear, mostrando seu interesse no segmento de lifestyle. Uma bota adaptada do modelo Baltimore e duas camisas e um moletom com estampas de ilustrações irreverentes do artista australiano Jonas Claesson (@Jonas_draws), que mostram animais surfando ou andando de moto, formam a coleção. 

Junto da marca OUS, foi criado um projeto focado na cultura de rua e no skate. Desbravando lugares inéditos espalhados pelo país, captando e transformando ideias, imagens e experiências em conceitos, além de uma coleção exclusiva, surgiu também o documentário Brazil é com S. Construindo e reconstruindo lugares para se andar de skate, deixando assim um legado ao Brasil, a equipe compartilhou experiências com skatistas de diversas regiões e mostra no projeto o interesse em valorizar o país e o esporte - e levá-lo para o dia a dia com a coleção. Esta, inspirada na personalidade dos esportistas urbanos, é composta por duas camisas, quatro camisetas com estampas das paisagens capturadas no caminho e seis modelos de tênis produzidos com a resistência necessária para o esporte.

Com a proposta de destacar o espírito leve e a essência singular do Rio, Cravo&Canela e Benta Studio se uniram para criar essa coleção que ressalta a casualidade e brinca com elementos da cultura brasileira por meio de modelos e estampas criativas que valorizam a natureza!

Progredir, crescer, reinventar e transformar são verbos que pautam a história da West Coast. Em 2017 a marca completou 30 anos e em comemoração lançou uma edição especial de produtos. A pintura em degradê, feita à mão, aparece em quatro itens exclusivos. Carregados de simbologia, representam a mudança e evolução constante da marca ao longo do tempo.